jusbrasil.com.br
1 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Criminal: APR 000XXXX-45.2014.8.12.0037 MS 000XXXX-45.2014.8.12.0037

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

2ª Câmara Criminal

Publicação

09/12/2018

Julgamento

5 de Dezembro de 2018

Relator

Des. Jonas Hass Silva Júnior

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-MS_APR_00000744520148120037_e22ae.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

E M E N T A - POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO – ALEGADA ATIPICIDADE DA CONDUTA EM RAZÃO DE ARMA DESMUNICIADAINOCORRÊNCIACRIME DE PERIGO ABSTRATO – COM O PARECER – RECURSO IMPROVIDO.

É típica a posse ilegal de arma de fogo, pois a lesividade jurídica do referido dispositivo está presente na simples posse da arma apreendida, pois trata-se de crime de perigo abstrato, sendo irrelevante para a configuração do delito, a ocorrência de resultado naturalístico.
Disponível em: https://tj-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1119016353/apelacao-criminal-apr-744520148120037-ms-0000074-4520148120037

Informações relacionadas

EDIMAR FERREIRA, Advogado
Modelosano passado

memoriais da defesa, art.403, §3º, CPP, porte de arma, artigo 16, par. único, IV, da Lei 10826/03

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciaano passado

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1932317 CE 2021/0107331-7

Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo TJ-ES - Apelação: APL 011XXXX-19.2011.8.08.0012

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF - APR: APR 0000003-23.2004.807.0008 DF 0000003-23.2004.807.0008

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 15 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Apelação Crime: ACR 4272975 PR 0427297-5