jusbrasil.com.br
9 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Cível: AC XXXXX-86.2016.8.12.0001 MS XXXXX-86.2016.8.12.0001

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

2ª Câmara Cível

Publicação

Julgamento

Relator

Des. Julizar Barbosa Trindade

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-MS_AC_08038038620168120001_ce558.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÕES CÍVEIS - RESTABELECIMENTO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO DE AUXÍLIO-DOENÇA COM CONVERSÃO EM AUXÍLIO-ACIDENTE - REQUISITOS DO ART. 86 DA LEI 8.213/91 E DECRETO 3.048/99 NÃO PREENCHIDOS - SUCUMBENTE BENEFICIÁRIO DA JUSTIÇA GRATUITAHONORÁRIOS PERICIAIS ADIANTADOS PELO INSSREEMBOLSO DEVIDO À AUTARQUIA - RECURSO DA PARTE NÃO PROVIDO E DO INSS PROVIDO.

O auxílio-acidente é benefício indenizatório devido ao segurado que comprovar que as sequelas decorrentes do acidente implicaram redução da capacidade para a atividade laborativa habitual. Incumbe ao Estado o pagamento dos honorários periciais nos casos em que tal obrigação seja imputada ao beneficiário da justiça gratuita.
Disponível em: https://tj-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1156619802/apelacao-civel-ac-8038038620168120001-ms-0803803-8620168120001