jusbrasil.com.br
17 de Outubro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Cível : AC 0039321-54.2008.8.12.0001 MS 0039321-54.2008.8.12.0001

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
4ª Câmara Cível
Publicação
10/04/2013
Julgamento
26 de Março de 2013
Relator
Des. Dorival Renato Pavan
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-MS_AC_00393215420088120001_81b9d.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

E M E N T A - EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - INEXISTÊNCIA DE QUALQUER DOS VÍCIOS PREVISTOS NO ARTIGO 535DO CPC- EMBARGOS REJEITADOS.

De acordo com o artigo 535 do Código de Processo Civil, os embargos declaratórios são cabíveis nas hipóteses de haver omissão, contradição ou obscuridade na decisão prolatada, o que não se verifica na espécie. De contornos rígidos e destinados a promover a integração do decisum omisso, contraditório ou obscuro, não se prestam a rediscutir o que foi expressamente decidido no acórdão recorrido. A pretensão de reexame da matéria que se constitui em objeto do acórdão recorrido, à luz de argumentos alegadamente relevantes para a solução da matéria posta à discussão no recurso, na busca de decisão infringente, é estranha ao âmbito de cabimento dosembargosdeclaratórios, definido no artigo 535 do Código de Processo Civil. Por isto que a jurisprudência é firme no sentido de que os embargos de declaração, ainda que opostos com o objetivo de prequestionamento visando à interposição do apelo extraordinário e ou especial, não podem ser acolhidos quando inexistentes omissão, contradição ou obscuridade na decisão recorrida.
Disponível em: https://tj-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/128138010/apelacao-civel-ac-393215420088120001-ms-0039321-5420088120001

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 10 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL : REsp 1250017 RS 2011/0090716-5

RECURSO ESPECIAL Nº 1.250.017 - RS (2011/0090716-5) RELATOR : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMAO RECORRENTE : BRADESCO SEGUROS S/A ADVOGADO : MÁRCIO KRIEGER RIQUELME E OUTRO(S) RECORRIDO : IZAQUE SILVEIRA GARCIA ADVOGADO : GIOVANNI EDUARDO MIELKE RECURSO ESPECIAL. SEGURO DPVAT. INVALIDEZ PERMANENTE PARCIAL. PAGAMENTO DE …
Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul
Jurisprudênciahá 9 anos

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Cível : AC 0047132-31.2009.8.12.0001 MS 0047132-31.2009.8.12.0001

APELAÇÃO CÍVEL - SEGURO DE VIDA - CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR - INVALIDEZ PERMANENTE PARCIAL - PRETENSÃO DE REDUÇÃO DO VALOR DA INDENIZAÇÃO COM BASE NA PROPORCIONALIDADE DA LESÃO - PRINCÍPIO GERAL DA BOA-FÉ OBJETIVA - CLÁUSULA ESTABELECENDO A EXPRESSÃO "ATÉ", SIGNIFICANDO EXISTIR UMA GRADAÇÃO PARA A EXTENSÃO DA LESÃO …
Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 10 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO DE INSTRUMENTO : Ag 1385250 MT 2011/0012284-0

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.385.250 - MT (2011/0012284-0) RELATOR : MINISTRO JOAO OTÁVIO DE NORONHA AGRAVANTE : ODILSON DA SILVA ADVOGADO : WILSON MOLINA PORTO E OUTRO(S) AGRAVADO : BRADESCO SEGUROS S/A ADVOGADO : MARCOS VINICIUS LUCCA BOLIGON E OUTRO(S) DECISAO Trata-se de agravo de instrumento interposto por ODILSON DA …