jusbrasil.com.br
5 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Criminal: APR 004XXXX-62.2015.8.12.0001 MS 004XXXX-62.2015.8.12.0001

Detalhes da Jurisprudência

Processo

APR 0048345-62.2015.8.12.0001 MS 0048345-62.2015.8.12.0001

Órgão Julgador

3ª Câmara Criminal

Publicação

21/01/2022

Julgamento

18 de Janeiro de 2022

Relator

Des. Luiz Claudio Bonassini da Silva

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-MS_APR_00483456220158120001_687fb.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO - HOMICÍDIO – ART. 121 CAPUT, DO CPABSOLVIÇÃO PELO CONSELHO DE SENTENÇA - REPOSTA POSITIVA AO QUESITO GENÉRICOALEGADA MANIFESTA CONTRARIEDADE À PROVA DOS AUTOSINOCORRÊNCIADESNECESSIDADE DE FUNDAMENTAÇÃO - GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PLENITUDE DE DEFESAPRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA SOBERANIA DOS VEREDITOSDESPROVIMENTO.

I - O quesito absolutório genérico previsto pelo inciso III do artigo 483, c/c o § 2.º de tal dispositivo do CPP, abarca toda e qualquer tese, sustentada ou não pela defesa, permitindo que, por íntima convicção, e sem necessidade de fundamentação, o jurado absolva o réu por qualquer motivo, baseado ou não na prova dos autos. Tendo o Conselho de Sentença respondido positivamente a tal quesito, não cabe ao tribunal togado modificar a decisão, pena de lesão ao princípio constitucional da soberania dos vereditos (alínea c do inciso XXXVIII do artigo 5.º da Carta Magna).
Disponível em: https://tj-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1357210592/apelacao-criminal-apr-483456220158120001-ms-0048345-6220158120001

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Criminal: APR 000XXXX-65.2008.8.12.0005 MS 000XXXX-65.2008.8.12.0005

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul
Jurisprudênciahá 10 meses

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Criminal: APR 002XXXX-05.2014.8.12.0001 MS 002XXXX-05.2014.8.12.0001

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação Criminal: APR 000XXXX-74.2011.8.12.0055 MS 000XXXX-74.2011.8.12.0055

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 4 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO HABEAS CORPUS: AgRg no HC 401666 RS 2017/0126694-7

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Criminal: APR 10317120117732002 MG