jusbrasil.com.br
19 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Apelação: APL 0836370-44.2014.8.12.0001 MS 0836370-44.2014.8.12.0001

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
1ª Câmara Cível
Publicação
30/05/2019
Julgamento
29 de Maio de 2019
Relator
Des. Marcos José de Brito Rodrigues
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-MS_APL_08363704420148120001_959fa.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

E M E N T A - APELAÇÃO CÍVEL – AÇÃO DE COBRANÇA C/C PEDIDO SUBSIDIÁRIO DE ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOSILEGITIMIDADE PASSIVA RECONHECIDANECESSIDADE DE GARANTIR À AUTORA A REGULARIZAÇÃO DO POLO PASSIVO - ANULAÇÃO DA SENTENÇA – RETORNO DOS AUTOS AO JUÍZO SINGULAR PARA ALTERAÇÃO DO POLO PASSIVO E REGULAR ANDAMENTO DO FEITO – SENTENÇA ANULADARECURSO PROVIDO EM PARTE.

Reconhecida a ilegitimidade passiva dos requeridos, a improcedência do pedido inicial não é a solução adequada ao feito, porquanto deve ser garantido à parte autora o direito de regularizar o polo passivo. Neste contexto, anula-se a sentença e determina o retorno dos autos ao juízo de origem para regular andamento do feito, com a adequada alteração do polo passivo, garantindo-se às partes a ampla defesa e o contraditório.
Disponível em: https://tj-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/716108004/apelacao-apl-8363704420148120001-ms-0836370-4420148120001

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Cível: AC 70069362259 RS

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 7 meses

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Embargos de Declaração-Cv: ED 1254549-58.2019.8.13.0000 MG

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - Apelação: APL 0021699-87.2013.8.11.0041 MT